09 novembro 2005

Buraco Negro



óleo s/ tela - 70 x 80 cm (1995-96)

4 comentários:

dragão marinho disse...

Está muito giro mas porquê a fixação que se tem por roupas da guerra civil americana?

Miguel Mocho disse...

Será que essa fixação não está em quem quer ver roupas da guerra civil americana em todo o lado...?
As fardas da maioria dos exércitos do séc. XIX eram semelhantes (como são as de hoje em dia) e este é apenas um soldado sem rosto.
Um dragão respeitável (como parece ser o caso) deveria saber que os soldados da guerra civil americana não tinham dragonas no uniforme.
Mas, se há fixação nas roupas da secessão, é como a fixação em jeans, hamburgers, self-made-men, silicone tits, ou estrageirismos anglófonos como os que acabo de usar - IT'S ALL IN THE MOVIES!

dragão marinho disse...

Sim, sim. Enganou-me o barrete da farda.
Mas este tipo de fardas, do séc. XIX, é muito visto por aí. O ponto que eu gostaria de salientar é que acho estranho as pessoas estarem tão viradas para o passado como se viver naquela época é que fosse bom.
Porque não fazer pinturas com pessoas de hoje em dia? É preciso trazer o sonho para o dia-a-dia e isso compete em grande parte aos artistas como tu.

Miguel Mocho disse...

Não me parece que esta imagem queira sugerir que viver naquela época era bom.
Talvez antes alguns remorsos de memórias colectivas...?